O Projeto

Conheça um pouco da nossa história

História

O Projeto Lar Doce Lar surgiu com o objetivo de conseguir bons adotantes para os animais retirados das ruas, vítimas do abandono, maus-tratos e negligência. Por bons adotantes entendam pessoas responsáveis que amem os animais e que possam dar o mínimo de que eles precisam: uma boa alimentação, cuidados médicos, e principalmente carinho. Por isto o lema do projeto: “Adoção Responsável de Cães e Gatos”.

Um grupo de amigos, com doações feitas por outros amigos que também amam os animais, nos ajudou a comprar as primeiras gaiolas e barracas. Com elas começamos a realizar as nossas primeiras feiras de adoção.

Recursos

O projeto funciona desde o início graças às doações feitas por pessoas que apoiam a nossa causa e que acreditam no nosso trabalho. Alguns tipos de doações que recebemos:

  • Dinheiro
  • Jornais
  • Rações
  • Areia
  • Medicamentos
  • Brinquedos
  • O tempo dedicado pelos nossos voluntários

Todos os recursos obtidos durante as feiras são divididos entre os protetores e protetoras que fazem parte do projeto, sendo que uma parte é usada para manter a infraestrutura necessária para a realização das feiras que inclui entre outras coisas: compra de novas gaiolas e barracas, produção de material para a divulgação do projeto, estocagem do material utilizado nas feiras.

Não contamos com nenhum tipo de ajuda dos órgãos públicos.

Composição

O Projeto Lar Doce Lar é composto atualmente das seguintes pessoas: Kátia (coordenadora), Elenir, Cristiane, Alexandre, Danielle, Alexandra, Geni. E dos seguintes voluntários: Noemi, Grazi, Yasmim, Andréa, Pedro e Glória.

Nossas Feiras

As nossas feiras de adoção acontecem todos os sábados do ano na Praça Saens Pena, no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro, atrás da cabine da Polícia Militar, no período de 10h às 17h.

Temos muitos animais para adoção. Cães e gatos, filhotes, adolescentes e adultos.

Para a realização destas feiras são obtidas licenças de funcionamento junto aos órgãos públicos como a SEPDA (Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais) entre outros.

Critérios para adoção

Para que uma adoção se concretize é preciso que sejam obedecidas as seguintes regras:

  • Morar em apartamento
  • Possuir tela de proteção em todas as janelas

Abrigo

Os animais que participam do projeto vivem na casa de seus respectivos protetores.

Atenção Nosso grupo não possui abrigo, não temos patrocínio e não temos estrutura para ajudar a resgatar animais de terceiros.